Quais são as diferenças entre projeção e projeção mapeada?

Abrir janelas para outros planos. Criar novas percepções do espaço. Recolorir, iluminar, animar o inanimado. Dar vida e movimento a objetos estáticos e até mesmo a edifícios inteiros. Pode parecer sonho, ilusão ou delírio, mas esses são apenas alguns efeitos que podem ser alcançados por meio da projeção mapeada.

Se você nunca ouviu falar de projeções mapeadas (ou vídeo mapping), saiba que são recursos cada dia mais utilizados no mercado do entretenimento e nas estratégias de comunicação visual.

Em outro artigo já explicamos o que é projeção mapeada, porém, desta vez você poderá entender um pouco melhor por que — e em que aspectos — o mapeamento é diferente das projeções comuns (projeções planas). Continue a leitura e aproveite!

As características da projeção mapeada que a diferem da plana

Superfícies diferentes

Ao contrário das projeções mais comuns, a projeção mapeada não precisa de uma tela para ser realizada. O mapeamento não precisa nem mesmo de uma superfície lisa para ser feito. Pelo contrário: ele pode acontecer em diversos espaços tridimensionais, desde pequenos objetos a grandes edifícios, em que os detalhes arquitetônicos só trazem mais possibilidades criativas.

Integração e interatividade

Nas projeções mapeadas o conteúdo é especificamente planejado para integrar a superfície em que será feita. Dessa forma, na fachada de um edifício, por exemplo, janelas, pilastras e outras características próprias da construção são aproveitadas pelo mapeamento, interagindo com os conteúdos em vídeo e animação.

Mobilidade

O fato de poder ser feita em superfícies muito variadas possibilita que o vídeo mapping tenha mais mobilidade que uma projeção plana. A projeção mapeada se apropria do espaço de sua realização, não exigindo a construção de uma estrutura específica para que seja feita. O equipamento básico para sua realização (computador e projetor) é de fácil locomoção.

Técnica e tecnologia

Além dos equipamentos de projeção (que não diferem muito daqueles de uma projeção plana), existem diversos softwares específicos para projeção mapeada. Entretanto, para que o mapeamento seja bem-feito é preciso contar com uma equipe especializada, que entenda as particularidades de sua realização e tenha a sensibilidade artística para se apropriar das superfícies de projeção.

O impacto da projeção mapeada

São muitos os motivos para se apaixonar pelo vídeo mapping. O mundo hoje — especialmente os ambientes urbanos — está a cada dia mais povoado de imagens. Como se destacar em meio a tantos cartazes, telas, luzes? Como atingir o público? Sem dúvida é preciso pensar em formas de surpreender os espectadores.

A projeção mapeada é um recurso tecnológico que pode ser utilizado de maneiras extremamente criativas e, se feita com planejamento e originalidade, é capaz de provocar um impacto muito maior que outros recursos de comunicação visual, além de ser, em muitos casos, mais viável técnica e economicamente que outras opções bem menos eficientes.

Esperamos que este artigo tenha sido útil para você e que tenha contribuído para compreender as diferentes entre as projeções planas e as mapeadas. Você já teve a oportunidade de ver algum vídeo mapping? Se sim, deixe um comentário para nos contar como foi a experiência, se foi surpreendente e impactante, e também para tirar as possíveis dúvidas.


Entenda o papel da produtora de eventos na experiência dos convidados

Muitas pessoas acreditam que um produtor de eventos é útil apenas para ajudar na organização dos eventos, porém, isso não é verdade. Uma de suas principais funções é produzir, com sua empresa, uma programação que agrade seus usuários e faça com que eles se engajem.

No post de hoje, você verá qual a importância de fazer um planejamento eficaz (que considere seus convidados) e como a produtora de eventos pode auxiliá-lo a mensurar a experiência dos seus usuários com seu evento. Preparado? Boa leitura!

A importância do planejamento

O planejamento é uma das partes mais importantes de todo o evento, visto que, sem ele, há grande possibilidade de você não agradar seus convidados. Uma produtora é parte importante para, não só ajudá-lo na organização sua programação, mas preparar uma experiência incrível e inesquecível para os participantes.

Por isso, você deve considerar o perfil dos convidados, o que eles mais gostam de fazer e atividades que possam satisfazê-los e engajá-los com toda a programação. Embora essa seja uma parte negligenciada de muitos eventos, ela é importante para definir quais são as ações necessárias para surpreender os participantes.

As produtoras podem auxiliá-lo a planejar sua programação para que as pessoas presentes tenham momentos incríveis — por meio do monitoramento das principais tendências e da experiência em realizar eventos que já agradam seu público. Elas também são úteis, ao término dele, para medir a satisfação dos seus convidados. Veja só!

A importância da mensuração

Nada pior para sua empresa do que ter seus convidados reclamando por aí, não é mesmo? Não raramente, os convidados ficam insatisfeitos com algumas partes do evento, seja por problemas antes, durante ou depois dele. Neste sentido, duas questões são importantes:

  • sua empresa aprende com os erros?
  • sua empresa sabe quais são os principais problemas que acontecem nos eventos?

Como as produtoras possuem expertise e experiência nessa área, elas estão prontas para ajudá-lo a medir a satisfação dos seus usuários. Independentemente dos objetivos que você traçou com o evento, é importante entender quais foram as impressões dos convidados e se eles se engajaram como você desejava com a programação.

Veja, agora, algumas formas que ela usa para analisar o sucesso do seu evento.

Redes Sociais

Para isso, é interessante monitorar e mensurar qual foi a reação dos participantes das suas programações nas redes sociais, entendendo quais foram as principais críticas e elogios.

Também deve-se quantificar e perceber se as hashtags oficiais foram usadas, mostrando que o público curtiu a programação. Além disso, verificar se as conversas nas redes sociais aumentaram ao fim do evento se comparado com um dia normal da empresa.

Pesquisas

Outra parte importante desta etapa é enviar uma pesquisa fácil, objetiva e de rápido preenchimento. Deve-se incentivar que o maior número de pessoas preencha o formulário. Deixe um campo para que os usuários escrevam, com mais detalhes, quais foram as percepções que tiveram.

Vendas no evento

Você vende alguma coisa no evento? Então, é importante ver se as vendas dos seus produtos atingiram o objetivo traçado e, também, compare com um dia normal de vendas. Caso o número seja alto, isso mostrará que pessoas compraram sua ideia e querem continuar a vivê-la depois do fim das programações.

Parcerias

Por fim, uma outra forma de ver se os convidados tiveram uma experiência positiva com seu evento é verificar se haverá pedidos de parcerias para novas edições ou mesmo para o dia a dia da sua empresa.

Uma produtora de eventos é uma ferramenta importante para que sua programação consiga surpreender os convidados e fazer com que tenham uma percepção positiva. Dessa maneira, pense nela como um investimento na qualidade do seu planejamento e na experiência final dos seus usuários.

Você quer receber mais dicas de como fazer seu evento bombar? Então, o que está esperando? Curta agora mesmo nossa página no Facebook e receba conteúdo em primeira mão no seu feed de notícias.


Confira as ideias mais inovadoras já usadas em eventos pelo mundo!

Diversos eventos pelo mundo conseguem ser inovadores e proporcionar experiências únicas aos participantes. Para que os eventos realizados pela sua produtora tenham o mesmo sucesso, não é necessário que os profissionais nasçam com um característica especial. Ao contrário, é importante estudar as formas mais inovadoras do mercado no momento certo e para o público correto.

No post de hoje, você verá alguns eventos que nasceram de ideias simples e depois acompanhará como é possível adotar algumas estratégias para fazer do evento realizado inesquecível. Pronto? Boa leitura!

Ideias inovadoras pelo mundo

Você acha que é difícil fazer um evento inovador? Veja agora como ideias relativamente simples podem cair no gosto dos usuários.

Savassi Festival

Um bistrô renomado de Belo Horizonte, o Café com Letras, já tinha um espaço aconchegante, comida boa e era uma referência cultural, visto que disponibilizava uma livraria e um espaço utilizado para shows (principalmente de Jazz). Isso basta, não? Errado!

A empresa entendeu que sempre é possível pensar em formas para atrair mais clientes, ampliar o alcance da marca e levar experiências únicas aos seus usuários. Pensando assim, em parceria com o Instituto Cidades Criativas, foi lançado, em 2003, o Savassi Festival. Até hoje, o evento está de pé e é considerado como o maior realizado na América do Sul. Ainda não satisfeitos, decidiram fazer uma versão até em Nova York.

Campus Party

Quando alguém pensa no mundo Geek, certamente se lembra do Campus Party, que é referência no país desde 2008 para os amantes de inovação e tecnologia.

Todos os anos, o evento conta com profissionais da área e representantes de grandes empresas. Para aumentar a interação entre os participantes do evento, muitos deles ficam acampados na sede da conferência, participando de palestras, apresentações das novidades do mercado e diversos workshops.

NRF Big Show

O grande evento, organizado pela National Retail Federation, envolve mais de 30 mil profissionais da área varejista em uma maratona de palestras, apresentações de novidades e shows.

Assim, esse evento é a principal referência em todo mundo quando o assunto é tendências para o varejo. Essa ocasião é tão importante que pacotes turísticos em todo o mundo, incluindo o Brasil, são criados para atender as pessoas que desejam participar das programações.

Dicas para otimizar os eventos

Você viu eventos de diversos segmentos que são referência em seu país e em todo o mundo, mas sabe o que os torna próximos? A vontade de fazer com que o evento proporcione uma experiência única aos participantes!

Por isso, veja algumas formas interessantes de diferenciá-los dos demais.

Projeção mapeada

Independentemente do tamanho da sua estrutura, é possível fazer com que seu evento seja criativo e interessante para os participantes, com um projetor, um computador e softwares de projeção mapeada. Com a interação de conteúdo em 2D e 3D, é possível que os mais variados tipos de superfícies envolvam o público.

As projeções também podem ser interativas, dando ao usuário a chance de interagir com efeitos, atores, atletas ou mesmo objetos em movimento. O certo é que é possível criar resultados incríveis.

Por isso, diversos eventos já contaram com ela, como:

Ao ver os exemplos acima, você se apaixonará pelos recursos disponíveis na projeção mapeada.

Contratação de empresários internacionais

Caso a empresa se planeje, não será tão difícil contratar um grande empresário de renome para fazer uma palestra para sua equipe. Contrate um tradutor para que todos os funcionários entendam. Você consegue imaginar o clima que a instituição terá? Essa é uma ótima aposta!

Brinquedos infláveis

Válidos para muitos tipos de evento, os brinquedos infláveis são atrativos interessantes para toda a família, principalmente quando há outros eventos programados para os adultos. Dessa maneira, a diversão será garantida para as crianças e toda a família terá uma boa experiência.

O que definirá o sucesso dos eventos promovidos pela sua produtora não é uma inspiração vinda do alto, mas o estudo consistente do público-alvo e das principais opções disponíveis no mercado. Sendo assim, é possível se tornar referência como esses eventos pelo mundo.

Quer receber mais dicas em primeira mão? Inscreva-se em nossa newsletter e tenha nossos conteúdos em sua caixa de entrada!


Saiba como explorar a criatividade em grandes eventos corporativos

Muitas vezes, os eventos corporativos não atraem o interesse dos participantes, seja pela programação cheia ou pela falta de interatividade e dinâmica, certo?

Para que essa reclamação comum não aconteça nos eventos produzidos pela sua empresa, é necessário que os grandes eventos explorem a criatividade e inovação. Dessa forma, os participantes terão desejo em aprender e se engajar com a programação.

No post de hoje, você verá algumas formas de inovar em seus eventos e agregar valor a ele. Preparado para fazer eventos incríveis? Continue conosco!

Como inovar?

Se você quer inovar, deve estar sempre atento às novidades do mercado. Veja algumas!

Distribua brindes digitais

Uma tendência do mercado de eventos é presentear os participantes com conteúdo online, a partir de cupons digitais, também chamados de Swag bags. A principal vantagem é contar com um investimento menor do que os brindes físicos. Além disso, é possível segmentar, capturar e nutrir o lead de acordo com o perfil do presenteado.

Apostar na automação para capturar leads

Os eventos também são úteis para captar os dados dos participantes que tenham interagido com sua empresa. Uma das formas de fazer isso é usar tecnologia de automação, utilizando, por exemplo, o código e barras presente nos crachás, você conseguirá ter, rapidamente, acesso aos dados.

Fazer transmissões ao vivo

Outra tendência do momento é fazer transmissões ao vivo de eventos, como feiras, workshops e congressos. A transmissão ao vivo é utilizada para mostrar, em tempo real, parte das programações, além de incentivar o público a participar presencialmente do evento.

Outra possibilidade é que o próprio público utilize a ferramenta, chamada de Crowd Streaming, compartilhando o ponto de vista dos participantes e aumentando o engajamento das pessoas com o evento.

Investir em ferramentas de interatividade

Para que sua programação não seja apenas mais um evento corporativo na vida dos participantes, você deve apostar em ferramentas que promovam a criatividade e inovação.

Você pode promover isso com o uso de aparelhos tecnológicos, como painéis eletrônicos, roletas, totens touch ou outras soluções que permitam a interação dos participantes com o evento.

Como agregar valor a seu evento?

É possível fazer com que os participantes vejam os grandes eventos corporativos de outra forma. Veja, agora, algumas formas de realizar isso.

Utilize tecnologias inovadoras

Se você quer que seu evento seja diferente, proporcione soluções criativas para seu público.  Uma tendência do mercado é a projeção mapeada. Com ela, é possível fazer efeitos gráficos personalizados em 2D e 3D, baseados nas formas de objetos escolhidos que receberão a projeção, a partir de uso de softwares específicos. Essa estratégia pode impactar profundamente os participantes.

Outra forma de agregar valor a seu evento é utilizar totens para carregar os smartphones dos usuários. Dessa maneira, eles estarão sempre com carga disponível para compartilhar as novidades nas redes sociais.

Você pensou em um palestrante que é a cara da corporação do seu cliente, mas ele não pode comparecer? Não há problemas! É possível utilizar hologramas e fazer com que ele esteja presente, mesmo se estiver do outro lado do mundo.

Procure espaços diferentes

Uma das formas de fazer com que seu evento seja lembrado é realizá-lo em locais diferentes. Você pode sugerir que seus clientes façam seus eventos em:

  • associações e institutos;
  • restaurantes e cafés;
  • cinemas e teatros;
  • museus;
  • universidades.

Vale lembrar que as escolhas devem ser feitas de acordo com os objetivos da corporação e podem ajudá-lo a proporcionar uma nova experiência aos convidados.

Produza um evento com agenda dinâmica

Eventos corporativos podem ser considerados chatos e entediantes. Para que sua produtora ajude as corporações a criar programações interessantes, utilize palestras e workshops, para que os participantes tenham conteúdo teórico e prático. Não se esqueça, também, de realizar breaks, para que os usuários consigam respirar, fazer contatos e aquele lanchinho.

É possível fazer com que os participantes aguardem ansiosamente os eventos corporativos, se engajando com eles e tendo experiências únicas. Para isso, descubra quais são as novidades do mercado e como o público gostaria de se engajar com sua programação.

Para você ficar sempre antenado, curta agora mesmo nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter e receba conteúdo em primeira mão na sua timeline!


Organização de eventos

Organização de eventos: o que você está fazendo de errado?

Você sabe como fazer organização de eventos? A maior parte dos erros poderiam ser evitados caso o profissional tivesse feito um melhor planejamento da ocasião.

Independentemente do tipo de evento, seja profissional, corporativo ou familiar, há formas de evitar grandes problemas e aumentar as chances de sucesso. Neste post, você verá quais são os maiores erros cometidos pelos produtores e como resolvê-los.

Pronto para deixar seus clientes mais satisfeitos? Continue conosco!

Não planejar todos os detalhes

Embora pareça óbvio, a falta de planejamento tem levado muitos eventos ao fracasso. Diversos produtores deixam tudo para a última hora e acabam tendo grandes imprevistos.

Além disso, a falta de pesquisa faz com que os custos sejam mais altos do que deveriam ser. Para resolver esse problema, defina com antecedência:

  • o objetivo do evento;
  • o número de pessoas esperado;
  • como o evento será divulgado;
  • o valor máximo de investimento;
  • cenários em que algo pode acontecer diferente do preparado e planos alternativos.

Por fim, tente criar mecanismos para organizar de maneira inteligente o seu evento.

Não se organizar

A falta de organização de um evento começa com o mau planejamento. É comum que produtores ainda guardem documentos em pastas, façam contas à mão ou criem diversas planilhas no Excel.

O maior problema disso é não saber onde está determinada informação e ter trabalho para encontrá-la, o que pode gerar confusão e, consequentemente, prejuízo.

Em vez disso, procure ferramentas como o vpEventos, em que você pode controlar todas as informações, gastos e acompanhar a atual situação de cada processo. Dessa maneira, a gestão será mais ágil e prática.

Não utilizar tecnologia na organização de eventos

Um outro problema bem comum é não usar a tecnologia disponível, fazendo com que sua equipe tenha trabalho manual desnecessário, o que pode se converter em eventuais falhas.

A informatização é bem-vinda antes, durante e depois do evento. Inicialmente, você pode utilizar plataformas e aplicativos que sejam úteis para preparar o grande dia. Procure ferramentas que automatizem a maior parte dos processos, como inscrição, pagamento, check-in, crachás e certificados.

Dessa forma, seu time concentrará esforços em tarefas que não podem ser feitas mecanicamente, como criação de estratégia, planejamento, negociação com fornecedores e possíveis patrocinadores.

Programe-se para utilizar a tecnologia também no dia do evento, para que a experiência seja mais viva e interessante. Entretenimento e projeção mapeada podem ser uma boa forma de atrair e agradar os participantes.

Não compreender os objetivos do cliente

O pior problema que você pode ter na organização de eventos é não compreender os detalhes mais básicos do projeto. Se você não entender quem é o seu cliente e quais são seus objetivos, a organização caminhará para um rumo não desejado e dificilmente atrairá a quantidade desejada de participantes.

Para resolver esse problema, faça questão de se comunicar adequadamente com o contratante. Para que isso aconteça, são boas práticas:

  • mostrar qual foi o entendimento que você teve do projeto;
  • exibir a estratégia criada e se colocar à disposição para fazer os devidos ajustes;
  • perguntar se as ações que você pensa em implementar correspondem às expectativas deles e dos participantes.

A palavra de ordem para organização de eventos é planejamento! Comece estudando detalhadamente o público-alvo, pensando em tudo que é necessário para que ele seja impactado pela programação. Depois, trace uma estratégia eficiente para que tudo saia conforme programado.

Quer receber mais dicas sobre como organizar e divulgar eventos que sejam verdadeiros sucessos? Então curta agora mesmo nossas páginas no Facebook e Twitter e receba conteúdo exclusivo em sua timeline. Esperamos por você!


projeção mapeada em fachada de prédio

Como o video mapping pode transformar o seu evento e criar impacto?

O video mapping está ganhando espaço em eventos no Brasil. Por ser algo relativamente novo, diversos produtores ainda possuem dúvidas quanto a essa tecnologia. Será que ela realmente impacta os participantes do evento? Como ela funciona? É caro para implementar?

No post de hoje, você terá todas essas dúvidas respondidas e estará pronto para decidir se utilizará a projeção mapeada em seus eventos. Pronto para transformar seus eventos? Então continue conosco!

Entenda o video mapping

Video mapping — ou projeção mapeada, em português — é a técnica de fazer projeções em vídeos, utilizando profundidade 3D em objetos e superfícies irregulares, como fachadas de prédios, estátuas e salões de festas. Sua popularidade aumentou bastante desde a última década com o uso em campanhas publicitárias e eventos musicais.

Atualmente, seu uso é ainda mais geral, podendo ser empregado nas mais diversas ações promocionais e eventos empresariais. Com a técnica, os objetos são formados de maneira virtual com auxílio de programas que interagem com projetores de alta luminosidade, fazendo adaptações da imagem às superfícies desejadas.

Compreenda seu funcionamento

A tecnologia da projeção mapeada é tamanha que muitos espectadores pensam ver um show de mágica, uma vez que estruturas simples e inanimadas se transformam em algo cheio de vida. Para que isso aconteça, porém, deve-se existir uma grande preparação.

Uma das formas para fazer video mapping é criar e animar uma estrutura em 3D, considerando questões como o posicionamento da lente do projetor. A partir desse ponto de referência e da resolução do projetor, os conteúdos são modelados. Por fim, depois, de uma série de ajustes e ensaios, o conteúdo será adaptado à estrutura e poderá ser executado.

Sendo assim, as principais etapas são:

  1. escolha e/ou criação das superfícies que serão utilizadas;
  2. seleção das imagens e vídeos a serem projetados;
  3. modelagem 3D;
  4. ajustes e testes.

Resolva as principais dúvidas

Como nem todos os produtores conhecem a projeção mapeada, uma série de dúvidas ainda devem pairar em suas mentes. Para ajudá-lo, vamos responder às principais questões sobre o assunto.

Há diferença entre video mapping e projeção mapeada?

Não! Projeção mapeada é apenas uma tradução para video mapping.

Quais processos envolvem a projeção mapeada?

Para que a projeção mapeada aconteça, é necessário contar com profissionais para desenhar, animar e construir o cenário e projetar.

É possível impactar as pessoas presentes no evento?

Sem dúvida alguma! Integrar o video mapping à estratégia do seu evento transformará a ocasião e fará com que todos os participantes tenham uma experiência única da qual vão se lembrar e contar aos amigos.

Funciona para o público brasileiro?

Os brasileiros estão ávidos por novidade, entretenimento e criatividade nos eventos. Sendo assim, a projeção mapeada é uma ótima maneira de levar tudo isso a eles.

Essa tecnologia é necessariamente cara?

Embora possa parecer cara, a projeção mapeada pode se adequar a seu orçamento e ser realizada de maneira acessível.

É possível contratar esse serviço mesmo depois de começar a planejá-lo?

Sim. Lembre-se, porém, de que os prazos dependem do tamanho e da complexidade do projeto. Há casos em que são necessárias apenas duas semanas, enquanto outros podem demandar até seis meses de preparação. Por isso, procure uma empresa especializada para saber precisamente.

Como você pode notar, a projeção mapeada é interessante para grande parte dos eventos e consegue se adaptar aos diferentes tipos de investimento. Mesmo que você já esteja planejando seu evento, é possível contratar os serviços de video mapping e fazer com que seu público se encante.

Então, entre em contato conosco! Conte-nos os detalhes do seu evento e mostraremos como a projeção mapeada fará que sua programação proporcione momentos inesquecíveis a seus convidados. Esperamos por você.


aplicativo de eventos

Saiba quais as melhores estratégias de divulgação para o seu evento

Quer fazer a divulgação de evento? Para isso, existem estratégias que atraem muitas pessoas e tem o potencial de gerar um buzz positivo, fazendo seu evento bombar. Porém, diversos profissionais possuem dúvidas sobre quais ferramentas devem escolher.

No post de hoje, você verá quais são os principais canais para que você propague seu evento. Então, fique conosco e faça com que aquele dia seja um sucesso! Boa leitura!

Divulgação nas redes sociais

As redes sociais são ótimas ferramentas de divulgação. Cerca de 40% da população mundial utiliza tais ferramentas em seu cotidiano. Dessa forma, você pode fazer com que suas publicações gerem visibilidade para o evento.

Entre as mídias sociais mais famosas, dê preferência ao Facebook. Além de já ter 2 bilhões de usuários ativos, a rede possui uma ferramenta para que você possa anunciar seu evento. Com o "Criar um evento", você conseguirá se comunicar com os possíveis participantes e inserir palavras-chave para que o público o encontre facilmente.

Mídia paga

As ferramentas de links patrocinados como Facebok Ads e Google AdWords podem dar o empurrãozinho que seu evento precisa para atrair mais pessoas. De maneira fácil e rápida, você conseguirá fazer com que diversas pessoas cheguem à página de divulgação e possam se inscrever ou comprar ingresso.

Além de não ter investimento mínimo, você pode segmentar o público desejado sem complicações. Dessa maneira, somente as pessoas com o perfil delimitado por você verão os anúncios, o que diminui os gastos e potencializa o investimento.

Com o Facebook, você conseguirá, inclusive, aumentar o alcance do evento criado na plataforma, fazendo com que mais pessoas tenham acesso às informações e discussões presentes na página.

Comunicação Off-line

Mesmo que a comunicação on-line esteja na moda, isso não significa que os outros tipos de divulgação não devem ser mais utilizados. De acordo com o perfil do público, você pode utilizar jornais, revistas e rádios para propagá-lo.

Para tanto, verifique se o investimento a ser efetuado trará o lucro esperado. Além disso, veja se o público-alvo da programação está em sintonia com o canal selecionado.

Boca a boca

O boca a boca também continua sendo uma boa opção, visto que as pessoas costumam levar os amigos e procurar companhia para eventos interessantes. Para que isso aconteça, porém, você precisa encantá-los, de tal forma, que se tornem propagadores do seu evento.

Dessa forma, mostre aos usuários quais serão os principais benefícios e atrações, além das experiências únicas que eles terão ao participar. Formas de fazer isso é contar com entretenimento e projeção mapeada, por exemplo. Tudo isso fará com que os participantes tenham mais vontade de compartilhar seu evento com seus amigos e parentes.

Parceiros comerciais

Por fim, seus parceiros comerciais podem ser importantes para que seu evento seja ainda mais conhecido. Você poderá usar a base de clientes deles para promover sua programação e atrair mais participantes. Lembre-se, porém, de fechar um acordo com eles para que ambas empresas se sintam seguras e tenham vantagens com a parceria.

Para que você escolha os melhores canais para a divulgação de evento, planeje-o bem, conhecendo bem seu cliente e o público-alvo esperado. Dessa forma, será mais fácil decidir quais são os locais em que os participantes estão presentes.

Gostou das dicas para organizar e propagar um evento de sucesso? Então compartilhe este conteúdo nas redes sociais e divida conhecimento com seus amigos!