painel de led

Projeção mapeada x Telão de Led: veja o comparativo completo

Diante de diversas opções no mercado, muitas vezes, é difícil saber qual tecnologia usar nos eventos da sua produtora. Deve-se investir em telão de led ou em projeção mapeada?

Para que não tenha mais essa dúvida, no post de hoje, você verá quais são as principais características de cada um deles. Assim, saberá qual deles atenderá melhor as suas demandas. Pronto para tomar sua decisão? Continue conosco!

O que é telão de led?

O painel de LED pode ser uma ferramenta importante para empresas que desejam fazer boas campanhas de marketing e agradar os participantes dos eventos.

Como funciona

Um painel de led não sofre interferências de projetor ou de poeira, por exemplo. Isso garante que o evento apresente sempre boa qualidade. Se bem cuidado, é uma opção que apresenta grande durabilidade, podendo chegar a 10 anos de uso.

O LED também oferece mais brilho. Sendo assim, dependendo da resolução, a tecnologia pode oferecer imagens em alta definição. Entretanto, o custo pode ser muito elevado para grandes tamanhos.

Você pode optar por modelos para serem usados em locais fechados e abertos. No primeiro caso, eles são indicados para ambientes que sejam protegidos de chuva e de outros perigos, como quedas de objetos. Além disso, é interessante que sejam assistidos a uma distância de, pelo menos, 5 metros.

Se você quer fazer o uso em ambientes externos, os modelos outdoor são indicados. Contando com máscaras protetoras, eles garantem que seu telão não será danificado em caso de chuva, queda de produtos ou mesmo vandalismo. A distância indicada é de 10 metros.

Para que é usado

Como as telas podem ser dimensionadas nos tamanhos desejados pela sua empresa, é possível que os participantes do evento vejam as imagens mesmo se estiverem a centenas de metros de distância. A apresentação acontecerá em plena luz do dia? Não há problema! Eles terão uma experiência incrível, como se estivessem em condições perfeitas.

O que é projeção mapeada?

Projeção mapeada, também chamada como Video Mapping, é uma tecnologia que utiliza computação gráfica em 2D ou 3D para possibilitar a visualização de imagens em superfícies não planas, gerando efeitos incríveis.

Como funciona

A tecnologia produz conteúdo pensado para a geometria do espaço planejado, existindo diversas possibilidades para usar a projeção. Dessa maneira, é possível criar diferentes emoções em seu evento, uma vez que o cenário e o ambiente podem ser modificados de uma hora para a outra. Além disso, é possível usar recursos interativos para aumentar o leque de opções.

Para que essa técnica seja bem executada, é preciso contar com profissionais qualificados em diversas áreas, já que é necessário utilizar alguns equipamentos e ter os serviços de especialistas em vídeos, marketing, operadores de programas de mapeamento e desenhistas em CAD.

Para que é usada

A projeção mapeada pode ser uma boa atração para decoradores, arquitetos, cenógrafos e artistas em geral. Lembre-se, porém, de que, atualmente, essa tecnologia já está presente em diversos tipos de eventos, mesmo nos profissionais e corporativos.

É usada para aumentar o dinamismo e o impacto que seu evento provoca em todas as pessoas que estão presentes. Dessa maneira, elas se engajarão ainda mais com a programação, e a marca da sua produtora de eventos e do seu cliente será ainda mais reconhecida!

A projeção mapeada é conhecida por ser mais adaptável e contar com formatos criativos. Dependendo do orçamento do evento, é possível contar com resolução full hd e com brilhos considerados muito fortes.

Embora tanto o telão de led quanto a projeção mapeada possam atendê-lo em seus eventos, você precisa avaliar qual opção fará com que suas programações fiquem ainda mais chamativas, impactantes e memoráveis, levando algo diferente para os participantes.

Você já decidiu o que usar? Comente neste post, mostrando para a gente quais foram as suas experiências e contando quais são seus principais problemas e dificuldades no assunto. Esperamos você!


Quais são as diferenças entre projeção e projeção mapeada?

Abrir janelas para outros planos. Criar novas percepções do espaço. Recolorir, iluminar, animar o inanimado. Dar vida e movimento a objetos estáticos e até mesmo a edifícios inteiros. Pode parecer sonho, ilusão ou delírio, mas esses são apenas alguns efeitos que podem ser alcançados por meio da projeção mapeada.

Se você nunca ouviu falar de projeções mapeadas (ou vídeo mapping), saiba que são recursos cada dia mais utilizados no mercado do entretenimento e nas estratégias de comunicação visual.

Em outro artigo já explicamos o que é projeção mapeada, porém, desta vez você poderá entender um pouco melhor por que — e em que aspectos — o mapeamento é diferente das projeções comuns (projeções planas). Continue a leitura e aproveite!

As características da projeção mapeada que a diferem da plana

Superfícies diferentes

Ao contrário das projeções mais comuns, a projeção mapeada não precisa de uma tela para ser realizada. O mapeamento não precisa nem mesmo de uma superfície lisa para ser feito. Pelo contrário: ele pode acontecer em diversos espaços tridimensionais, desde pequenos objetos a grandes edifícios, em que os detalhes arquitetônicos só trazem mais possibilidades criativas.

Integração e interatividade

Nas projeções mapeadas o conteúdo é especificamente planejado para integrar a superfície em que será feita. Dessa forma, na fachada de um edifício, por exemplo, janelas, pilastras e outras características próprias da construção são aproveitadas pelo mapeamento, interagindo com os conteúdos em vídeo e animação.

Mobilidade

O fato de poder ser feita em superfícies muito variadas possibilita que o vídeo mapping tenha mais mobilidade que uma projeção plana. A projeção mapeada se apropria do espaço de sua realização, não exigindo a construção de uma estrutura específica para que seja feita. O equipamento básico para sua realização (computador e projetor) é de fácil locomoção.

Técnica e tecnologia

Além dos equipamentos de projeção (que não diferem muito daqueles de uma projeção plana), existem diversos softwares específicos para projeção mapeada. Entretanto, para que o mapeamento seja bem-feito é preciso contar com uma equipe especializada, que entenda as particularidades de sua realização e tenha a sensibilidade artística para se apropriar das superfícies de projeção.

O impacto da projeção mapeada

São muitos os motivos para se apaixonar pelo vídeo mapping. O mundo hoje — especialmente os ambientes urbanos — está a cada dia mais povoado de imagens. Como se destacar em meio a tantos cartazes, telas, luzes? Como atingir o público? Sem dúvida é preciso pensar em formas de surpreender os espectadores.

A projeção mapeada é um recurso tecnológico que pode ser utilizado de maneiras extremamente criativas e, se feita com planejamento e originalidade, é capaz de provocar um impacto muito maior que outros recursos de comunicação visual, além de ser, em muitos casos, mais viável técnica e economicamente que outras opções bem menos eficientes.

Esperamos que este artigo tenha sido útil para você e que tenha contribuído para compreender as diferentes entre as projeções planas e as mapeadas. Você já teve a oportunidade de ver algum vídeo mapping? Se sim, deixe um comentário para nos contar como foi a experiência, se foi surpreendente e impactante, e também para tirar as possíveis dúvidas.


Confira as ideias mais inovadoras já usadas em eventos pelo mundo!

Diversos eventos pelo mundo conseguem ser inovadores e proporcionar experiências únicas aos participantes. Para que os eventos realizados pela sua produtora tenham o mesmo sucesso, não é necessário que os profissionais nasçam com um característica especial. Ao contrário, é importante estudar as formas mais inovadoras do mercado no momento certo e para o público correto.

No post de hoje, você verá alguns eventos que nasceram de ideias simples e depois acompanhará como é possível adotar algumas estratégias para fazer do evento realizado inesquecível. Pronto? Boa leitura!

Ideias inovadoras pelo mundo

Você acha que é difícil fazer um evento inovador? Veja agora como ideias relativamente simples podem cair no gosto dos usuários.

Savassi Festival

Um bistrô renomado de Belo Horizonte, o Café com Letras, já tinha um espaço aconchegante, comida boa e era uma referência cultural, visto que disponibilizava uma livraria e um espaço utilizado para shows (principalmente de Jazz). Isso basta, não? Errado!

A empresa entendeu que sempre é possível pensar em formas para atrair mais clientes, ampliar o alcance da marca e levar experiências únicas aos seus usuários. Pensando assim, em parceria com o Instituto Cidades Criativas, foi lançado, em 2003, o Savassi Festival. Até hoje, o evento está de pé e é considerado como o maior realizado na América do Sul. Ainda não satisfeitos, decidiram fazer uma versão até em Nova York.

Campus Party

Quando alguém pensa no mundo Geek, certamente se lembra do Campus Party, que é referência no país desde 2008 para os amantes de inovação e tecnologia.

Todos os anos, o evento conta com profissionais da área e representantes de grandes empresas. Para aumentar a interação entre os participantes do evento, muitos deles ficam acampados na sede da conferência, participando de palestras, apresentações das novidades do mercado e diversos workshops.

NRF Big Show

O grande evento, organizado pela National Retail Federation, envolve mais de 30 mil profissionais da área varejista em uma maratona de palestras, apresentações de novidades e shows.

Assim, esse evento é a principal referência em todo mundo quando o assunto é tendências para o varejo. Essa ocasião é tão importante que pacotes turísticos em todo o mundo, incluindo o Brasil, são criados para atender as pessoas que desejam participar das programações.

Dicas para otimizar os eventos

Você viu eventos de diversos segmentos que são referência em seu país e em todo o mundo, mas sabe o que os torna próximos? A vontade de fazer com que o evento proporcione uma experiência única aos participantes!

Por isso, veja algumas formas interessantes de diferenciá-los dos demais.

Projeção mapeada

Independentemente do tamanho da sua estrutura, é possível fazer com que seu evento seja criativo e interessante para os participantes, com um projetor, um computador e softwares de projeção mapeada. Com a interação de conteúdo em 2D e 3D, é possível que os mais variados tipos de superfícies envolvam o público.

As projeções também podem ser interativas, dando ao usuário a chance de interagir com efeitos, atores, atletas ou mesmo objetos em movimento. O certo é que é possível criar resultados incríveis.

Por isso, diversos eventos já contaram com ela, como:

Ao ver os exemplos acima, você se apaixonará pelos recursos disponíveis na projeção mapeada.

Contratação de empresários internacionais

Caso a empresa se planeje, não será tão difícil contratar um grande empresário de renome para fazer uma palestra para sua equipe. Contrate um tradutor para que todos os funcionários entendam. Você consegue imaginar o clima que a instituição terá? Essa é uma ótima aposta!

Brinquedos infláveis

Válidos para muitos tipos de evento, os brinquedos infláveis são atrativos interessantes para toda a família, principalmente quando há outros eventos programados para os adultos. Dessa maneira, a diversão será garantida para as crianças e toda a família terá uma boa experiência.

O que definirá o sucesso dos eventos promovidos pela sua produtora não é uma inspiração vinda do alto, mas o estudo consistente do público-alvo e das principais opções disponíveis no mercado. Sendo assim, é possível se tornar referência como esses eventos pelo mundo.

Quer receber mais dicas em primeira mão? Inscreva-se em nossa newsletter e tenha nossos conteúdos em sua caixa de entrada!


5 Blogs sobre projeção mapeada que você precisa conhecer

Se inspire com alguns dos blogs mais relevantes sobre projeção mapeada.

Atualmente, a forma mais prática, e muitas vezes relevante, de absorver algum tipo de conteúdo é acompanhar blogs sobre algum determinado assunto. Como nós somos fanáticos por projeção mapeada, separamos alguns dos nossos blogs favoritos que usamos pra nos manter informados sobre o que acontece na área!

Assim que você conhecer cada um deles, vai ser mais fácil acompanhar de perto os projetos que projeção mapeada que acontecem mundo afora!

 

Tópicos do Artigo

Projection Mapping Central.org

Madmapper.com/blog/

projectileobjects.com

Fubiz.net

Videomapping.tumblr.com

Projection Mapping Central

 www.projectionmappingcentral.org
Talvez o blog mais relevante sobre projeção mapeada na internet. O Projection Mapping Central é uma comunidade que promove a experiência da projeção mapeada. A curadoria do blog é feita por pesquisadores e estudantes PhD na área de tecnologia e interação que já trabalharam em grandes empresas como Microsoft, Walt Disney e Adobe. Nele você encontrará, além de projetos de cair o queixo, experimentos, artigos, tutoriais, making off, ferramentas e explicações que esclarecem um pouco mais cada projeto interativo.

Projectile Objects

www.projectileobjects.com
O Projectile Objects também é um blog que compartilha projetos e tutoriais, muitos deles realizados pelo próprio autor e editor do Blog. Apesar de ter o foco para projetos de guerrilha e de VJ, o blog abrange os principais tópicos sobre os projetos que envolvem a projeção mapeada.

Video Mapping Tumblr

www.videomapping.tumblr.com
Um Tumblr voltado especialmente para projeção mapeada. Sob curadoria da empresa Integrated Vision, o videomapping.tumblr.com compartilha diversos projetos comerciais e criativos.

Ótimo site para buscar referências de trabalhos, contatos na área e car por dentros das tendências no entretenimento.

Mad Mapper Blog

www.madmapper.com/blog
O todo poderoso Mad Mapper alimenta o próprio blog onde os editores podem compartilhar notícias, eventos, artigos e novidades sobre o mundo do mapping. Além de todo conteúdo original que eles disponibilizam, há também entrevistas com artistas audiovisuais que utilizam o software, contando experiências e processos artísticos.

O melhor blog para saber o que está sendo mais discutido no mundo da projeção mapeada.

Fubiz

www.fubiz.net
Um blog que fala muito mais do que só projeção mapeada. O Fubiz é uma das maiores magazines digitais sobre criatividade da França. Inspirações, cultura pop e tecnologia são os conteúdos mais recorrentes no site, que atende um público que vai desde designers, diretores de arte, artistas até estudantes e entusiastas.

Se alguma nova inovação em projeção mapeada for realizada, ela estará aqui.


projeção mapeada feita em fachada

Afinal de contas o que é projeção mapeada?

Afinal de contas, o que é projeção mapeada?

A projeção mapeada cada vez mais ganha destaque na mídia, pois é uma das alternativas mais atrativas para incrementar seu evento.

Trata-se de uma técnica utilizada para projetar imagens em uma estrutura tridimensional, a qual é previamente mapeada por algum software. Enquanto a projeção plana não permite essa manipulação da luz, a projeção mapeada — ou video mapping, como também é conhecida — permite que você “direcione” a luz exatamente para a região que receberá o conteúdo visual, fazendo parecer que o vídeo criado se encaixa na estrutura.

Ficou interessado? Leia o artigo e entenda de vez o que é, como funciona e porque a projeção mapeada está fazendo tanto sucesso!

O que é projeção mapeada?

Não importa o tamanho ou a forma da estrutura, se você tiver um projetor adequado, um computador e um software de projeção mapeada, você poderá fazer com que ela se ilumine e fique cheia de vida.

A projeção mapeada é uma performance muito intensa e envolvente criada pela interação de conteúdo de vídeo (2D ou 3D) projetado nos mais variados tipos de superfícies: de um prédio histórico ou industrial (projeções monumentais) a um automóvel (mapeamento de carro), até a uma pequena garrafa ou um relógio (micromapeamento).

O fundamental é que o conteúdo projetado seja estudado especificamente para interagir com a geometria da superfície escolhida. E é aí que entra o jogo 3D! Para você ter uma noção do quão poderosa é a técnica da projeção mapeada, dê uma olhadinha neste vídeo apresentando o Porsche Carrera 4S (lançado em 2012). A realidade é incrível, mas o protótipo ficou parada no showroom o tempo todo. Todas os efeitos foram causados pela técnica da projeção mapeada.

A partir dessa base, as projeções também podem se tornar interativas, dando ao público a capacidade de interagir com o conteúdo projetado. Ou ainda poder interagir com atores, atletas ou objetos em movimento, criando efeitos cênicos incríveis.

Como funciona a projeção mapeada?

Hoje, a tecnologia chegou num estágio que parece estarmos diante de mágicas acontecendo. Ver uma estrutura inanimada ganhar vida diante dos olhos, por exemplo, é algo fantástico. Mas existe toda uma preparação e criação antes dessa magia acontecer.

Uma das formas de fazer uma projeção mapeada é criar e animar a estrutura em 3D, levando em consideração o posicionamento exato da lente do projetor — como a lente “vê” a estrutura. As máscaras do conteúdo são criadas em cima desse ponto de referência e da resolução do projetor. Após os ensaios e ajustes, o conteúdo é “encaixado” na estrutura e está pronto para ser executado.

Mais especificamente, para que a projeção mapeada seja realizada, tudo parte da escolha da superfície a ser mapeada. Obviamente, ela deve estar vinculada ao conceito criativo na base do projeto. Ao escolher um objeto ou superfície, é essencial avaliar cuidadosamente suas dimensões, os tipos de materiais de que são compostos e suas cores, de modo a obter o máximo do resultado final.

Todas essas variáveis são também essenciais para escolher a faixa de projetor mais adequada para cada situação, desde a potência até o formato de projeção e o posicionamento. Nessa fase, a experiência da equipe é elementar, pois diversas escolhas técnicas são o resultado de testes e anos de trabalho de campo.

A etapa seguinte é a fase da produção do conteúdo, seja áudio ou vídeo, definindo tarefas e prazos para que a projeção seja um sucesso em qualquer tipo de evento. Aqui também é essencial que uma equipe de profissionais especializados seja escalada para o projeto, pois as chances de erros devem ser minimizadas ou praticamente zeradas.

No entanto, esta é também uma das melhores partes de um projeto de projeção mapeada, uma vez que a satisfação de ver uma audiência entusiasmada não tem preço.

Quais tecnologias atuam na projeção?

As principais tecnologias que entram em jogo em um projeto de mapeamento são essencialmente dois:

Na prática, a equipe geralmente é composta por dois profissionais principais:

  • o gestor de conteúdo, que administra a parte criativa;
  • e o técnico de projeção, que gerencia a parte técnica dos projetores.

Quanto mais experiência e sinergia entre as duas partes, mais espetacular e, acima de tudo, inovador será a projeção mapeada.

Outro aspecto fundamental é, obviamente, o orçamento para investir em um projeto, o que vai depender também do tamanho e projeção do evento, entre outros aspectos. Com certeza, nem todo mundo pode investir num projeto como aquele do vídeo do Porsche. Mas é possível encontrar o equilíbrio certo para criar projetos incríveis, mesmo que mais simples.

Por que todo mundo está fazendo?

O fator tendência contribui muito para que a projeção mapeada esteja presente em vários eventos, sejam eles corporativos ou sociais. Mas a sua recorrência é justificada por outros motivos.

Além da capacidade de customização e automação — características que também podem ser encontrada em painéis de LED, por exemplo —, a projeção mapeada possui um nível de adaptação ao qual nenhum outro equipamento de iluminação consegue chegar. Graças a isso, a projeção mapeada pode criar efeitos visuais surreais, capazes de proporcionar uma experiência única para o público do seu evento. Além de, claro, poder transformar qualquer estrutura em uma superfície animada ou interativa.

Quais outros cases de uso da projeção mapeada?

O lançamento do Porsche é apenas um caso famoso, entre muitas outras produções fantásticas. A Disney é um dos maiores exemplos de uso de projeção mapeada, como este vídeo mostrando o Castelo da Cinderella.

Trata-se de uma projeção enorme, o que conta muito em nível de espetáculo. Além disso, é definitivamente impecável em termos de conteúdo e, acima de tudo, combina projeções com luz, fumaça e fogos de artifício, elementos que contribuem incrivelmente para o efeito do estágio final. Obviamente, a música também é perfeita.

Claro, uma produção milionária como a da Disney é muito distante da nossa realidade. Mostramos o vídeo apenas para você ter uma ideia de como a projeção mapeada tem recursos quase ilimitados.

Há diversas formas de usar a projeção mapeada de maneira mais simples, mas que causam sensações incríveis em eventos. Para citar alguns exemplos, temos a Fiat Inovação, um evento da marca de automóveis que aconteceu em Belo Horizonte. Neste evento, foi usada uma técnica de projeção em cubos. O efeito foi fantástico.

Se você acha que apenas grandes empresas podem fazer uso da projeção mapeada em seus eventos, que tal uma festa de debutante de uma jovem comemorando os seus 15 anos? Os efeitos nas paredes deixaram o ambiente totalmente intensivo e estimulante.

E então, ficou animado para o próximo evento da sua empresa? Que tal saber um pouquinho mais sobre o funcionamento da projeção mapeada? Entre em contato conosco agora mesmo, teremos o maior prazer em mostrar como seu projeto pode ser um sucesso absoluto!


O que é preciso para fazer uma projeção mapeada?

Depois do sucesso da projeção mapeada na abertura das olimpíadas, todo mundo quer trazer a atração desse efeito para dentro do seu evento. Preparamos um artigo básico com algumas coisas que você precisa saber sobre essa técnica tão famosa.

Você ainda vai ver um checklist com as ideias que foram ditas ao longo desse artigo e quais são as principais dicas para fazer uma boa projeção mapeada. Pronto? Boa leitura!

Como funciona o vídeo mapping?

Video Mapping (ou Projeção Mapeada) é uma tecnologia utilizada para projetar objetos bi e tridimensionais em superfícies preparadas para a projeção. A partir da utilização de softwares específicos, o objetivo é mapeado, criando uma versão em ambiente virtual. É possível, assim, interagir com o projetor para ajustar as imagens à superfície selecionada.

Depois de escolher ou criar o objetivo desejado, é necessário fazer uma réplica virtual. Para isso, cria-se um modelo da superfície de projeção e ele deve ser colocado em um ambiente virtual. Após isso, as coordenadas em que o objeto está localizado são definidas. Por fim, a orientação xyz é determinada e as lentes de projeção são configuradas.

Os principais softwares de projeção mapeada são:

  • vvv;
  • Resolume4;
  • Madmapper;
  • Millumin;
  • servidores de mídia (Watchout, Photon e Pandroas Box).

Quais são os passos para realizá-lo?

Veja agora quais são todos os passos necessários para que o sonho de contar com video mapping em seu evento se torne realidade e seja diferente de tudo aquilo que o público já viu.


Pré-produção

Todo evento possui uma parte de logística e produção muito complexa, e quando uma projeção mapeada entra na brincadeira, a coisa fica ainda mais séria. Existem alguns pontos que devem ser avaliados e ajustados antes de inserir video mapping em seu evento.

Visita de Campo

 

001_img2

A visita de campo antecede a escolha do projetor e criação de conteúdo, justamente para definir as características e orçamento do projeto. Projeções de fachada requerem um tempo maior para elaboração do roteiro e modelagem da estrutura. Recomenda-se no mínimo 30 dias da data do evento (e pode variar de acordo com a complexidade do projeto), para mapeamento e criação do vídeo 3D, considerando a fase de aprovação e ajustes. O ideal é fazer um planejamento bem feito que apresente todas as etapas do projeto com o tempo de realização de cada fase.


Criação do conteúdo

001_img3

Alguns softwares vão automatizar a animação do conteúdo, como Millumin e o Resolume. Você precisará inserir imagens e/ou vídeos curtos e controlar os efeitos e sobreposições a partir do programa.

Outro tipo de conteúdo favorito entre os entusiastas da projeção mapeada são as animações tridimensionais. Esse conteúdo é criado a partir de um modelo 3D da estrutura real. Isso permite que você brinque com a realidade, conseguindo resultados incríveis.


Montagem

001_img4

A montagem da estrutura e do projetor deve ser agendada de acordo com a necessidade e complexidade da projeção. Projeções de fachada requerem um tempo maior, portanto, a montagem da estrutura de projeção deve ser feita com bastante antecedência. Para eventos mais comuns (sociais ou institucionais) recomenda-se a montagem do projetor com um ou dois dias de antecedência do evento.

 

Ensaios

001_img5

Ensaios são imprescindíveis e devem ser realizados quando o conteúdo está pronto ou na fase de ajustes finais. Novamente, em casos de projeção de fachada, os ensaios podem acontecer com mais frequência, principalmente na semana anterior ao evento. Para projeções mapeadas menores ou mais simples, apenas um ensaio nos dias anteriores ao evento é suficiente.

Pós produção

Não menos importante, é o registro. Assim como vários outros pontos altos do seu evento, a projeção mapeada deve ser registrada em foto e vídeo para gerar lembrança e engajamento com seu público. Faça seu investimento render lembrando às pessoas que foram (e as que não foram também) o quão surpreendente seu evento foi.

 

Checklist

Um checklist sempre ajuda a gente na hora H. Por isso preparamos um checklist com os assuntos básicos que abordamos aqui.

  1. Visita de Campo
  2. Identificar região ou estrutura que receberá a projeção
  3. Avaliar luminosidade
  4. Avaliar posição e angulação do projetor
  5. Escolha do projetor
  6. Criação do conteúdo
  7. Validação do Conteúdo
  8. Montagem
  9. Ensaios
  10. Ajustes Finais
  11. Execução Pós
  12. Produção

Como fazer uma boa projeção mapeada?

Você viu que são necessárias várias etapas para que sua projeção seja um sucesso, não é mesmo? Para ajudá-lo, preparamos 3 dicas essenciais para que seu evento seja marcante para seus usuários. Veja agora!

Escolha bem o local

Dê preferência a fachadas ricas, cheias de detalhes e, se possível, com várias janelas, visto que elas permitem criar efeitos mais interessantes. Sendo assim, quanto mais complexa for sua superfície, maiores serão as possibilidades que você terá para criar experiências incríveis.

Quanto à cor, escolha locais brancos ou que sejam mais próximos disso. Caso os tons sejam mais escuros, é possível que algumas distorções sejam criadas. É importante se lembrar disso em seu planejamento, uma vez que as cores da instituição podem ter alguma variação. Para evitar alguns desses problemas, tente cobrir, pintar ou adesivar a superfície para que fique branca.

Tenha cuidado com o espaço entre o projetor e a superfície

Um ponto importante para o sucesso dessa tecnologia é contar com espaço suficiente entre o projetor e a superfície escolhida. Além disso, não deve existir nada na frente para que sombras e pontos sejam evitados. Ainda que o local possa ser lindo e cheio de elementos, árvores e fios, por exemplo, podem atrapalhar a qualidade do espetáculo programado.

Se você tiver algum problema, não hesite em chamar um especialista! Ele possui informações e técnicas para resolver os problemas de maneira criativa, seja colocando o projetor em cima de andaimes, em prédios vizinhos, seja recebendo energia de outros locais. Vale destacar que qualquer solução depende, essencialmente, de viabilidade técnica.

Contrate uma equipe multidisciplinar

Outra dica importante para você ter sucesso com video mapping é criar uma equipe com profissionais qualificados em diversas áreas. Além de pessoas qualificadas para operar os equipamentos, você deve contar com artistas digitais, especialistas em vídeo, desenhistas de CAD e até profissionais de marketing.

Aqui, quanto mais experiência profissional você tiver na equipe, maiores serão as possibilidades de abrilhantar ainda mais seu evento com a apresentação, garantindo que ela fique sempre na mente dos participantes.

Como diversas etapas devem ser seguidas para que sua projeção mapeada aconteça da forma que você desejou, é fundamental se planejar, a fim de realizar o que deseja da melhor maneira possível. Por isso, é importante entrar em contato com uma empresa especializada o quanto antes.

Então, o que você está esperando? Entre em contato agora mesmo com a Movi e veja como podemos ajudá-lo a fazer do seu evento um sucesso.


Qual o software para projeção mapeada devo usar?

Conheça os programas básicos de projeção mapeada amplie ainda mais suas possibilidades.

Existem muitos programas por aí que te permitem realizar a projeção mapeada, mas antes de você começar a dedicar seu tempo aprendendo qualquer um deles, vamos conhecer os pontos positivos e negativos de cada um.

Ao final deste artigo você saberá distinguir características básicas de cada programa, além de identificar qual é o programa ideal para você.


5 Motivos para você se apaixonar por projeção mapeada

Entenda por que a projeção mapeada é uma das melhores soluções midiáticas atualmente.

Nós somos apaixonados por qualquer tipo de projeção: mapeada, holográfica, interativa, analógica... Queremos compartilhar com vocês essa paixão e explicar os principais motivos para você querer saber tudo sobre essa técnica maravilhosa. Partiu?

Ao final desse artigo esperamos que você perceba a gama de potencialidades da projeção mapeada.

Read more