O que é preciso para fazer uma projeção mapeada?

Depois do sucesso da projeção mapeada na abertura das olimpíadas, todo mundo quer trazer a atração desse efeito para dentro do seu evento. Preparamos um artigo básico com algumas coisas que você precisa saber sobre essa técnica tão famosa.

Você ainda vai ver um checklist com as ideias que foram ditas ao longo desse artigo e quais são as principais dicas para fazer uma boa projeção mapeada. Pronto? Boa leitura!

Como funciona o vídeo mapping?

Video Mapping (ou Projeção Mapeada) é uma tecnologia utilizada para projetar objetos bi e tridimensionais em superfícies preparadas para a projeção. A partir da utilização de softwares específicos, o objetivo é mapeado, criando uma versão em ambiente virtual. É possível, assim, interagir com o projetor para ajustar as imagens à superfície selecionada.

Depois de escolher ou criar o objetivo desejado, é necessário fazer uma réplica virtual. Para isso, cria-se um modelo da superfície de projeção e ele deve ser colocado em um ambiente virtual. Após isso, as coordenadas em que o objeto está localizado são definidas. Por fim, a orientação xyz é determinada e as lentes de projeção são configuradas.

Os principais softwares de projeção mapeada são:

  • vvv;
  • Resolume4;
  • Madmapper;
  • Millumin;
  • servidores de mídia (Watchout, Photon e Pandroas Box).

Quais são os passos para realizá-lo?

Veja agora quais são todos os passos necessários para que o sonho de contar com video mapping em seu evento se torne realidade e seja diferente de tudo aquilo que o público já viu.


Pré-produção

Todo evento possui uma parte de logística e produção muito complexa, e quando uma projeção mapeada entra na brincadeira, a coisa fica ainda mais séria. Existem alguns pontos que devem ser avaliados e ajustados antes de inserir video mapping em seu evento.

Visita de Campo

 

001_img2

A visita de campo antecede a escolha do projetor e criação de conteúdo, justamente para definir as características e orçamento do projeto. Projeções de fachada requerem um tempo maior para elaboração do roteiro e modelagem da estrutura. Recomenda-se no mínimo 30 dias da data do evento (e pode variar de acordo com a complexidade do projeto), para mapeamento e criação do vídeo 3D, considerando a fase de aprovação e ajustes. O ideal é fazer um planejamento bem feito que apresente todas as etapas do projeto com o tempo de realização de cada fase.


Criação do conteúdo

001_img3

Alguns softwares vão automatizar a animação do conteúdo, como Millumin e o Resolume. Você precisará inserir imagens e/ou vídeos curtos e controlar os efeitos e sobreposições a partir do programa.

Outro tipo de conteúdo favorito entre os entusiastas da projeção mapeada são as animações tridimensionais. Esse conteúdo é criado a partir de um modelo 3D da estrutura real. Isso permite que você brinque com a realidade, conseguindo resultados incríveis.


Montagem

001_img4

A montagem da estrutura e do projetor deve ser agendada de acordo com a necessidade e complexidade da projeção. Projeções de fachada requerem um tempo maior, portanto, a montagem da estrutura de projeção deve ser feita com bastante antecedência. Para eventos mais comuns (sociais ou institucionais) recomenda-se a montagem do projetor com um ou dois dias de antecedência do evento.

 

Ensaios

001_img5

Ensaios são imprescindíveis e devem ser realizados quando o conteúdo está pronto ou na fase de ajustes finais. Novamente, em casos de projeção de fachada, os ensaios podem acontecer com mais frequência, principalmente na semana anterior ao evento. Para projeções mapeadas menores ou mais simples, apenas um ensaio nos dias anteriores ao evento é suficiente.

Pós produção

Não menos importante, é o registro. Assim como vários outros pontos altos do seu evento, a projeção mapeada deve ser registrada em foto e vídeo para gerar lembrança e engajamento com seu público. Faça seu investimento render lembrando às pessoas que foram (e as que não foram também) o quão surpreendente seu evento foi.

 

Checklist

Um checklist sempre ajuda a gente na hora H. Por isso preparamos um checklist com os assuntos básicos que abordamos aqui.

  1. Visita de Campo
  2. Identificar região ou estrutura que receberá a projeção
  3. Avaliar luminosidade
  4. Avaliar posição e angulação do projetor
  5. Escolha do projetor
  6. Criação do conteúdo
  7. Validação do Conteúdo
  8. Montagem
  9. Ensaios
  10. Ajustes Finais
  11. Execução Pós
  12. Produção

Como fazer uma boa projeção mapeada?

Você viu que são necessárias várias etapas para que sua projeção seja um sucesso, não é mesmo? Para ajudá-lo, preparamos 3 dicas essenciais para que seu evento seja marcante para seus usuários. Veja agora!

Escolha bem o local

Dê preferência a fachadas ricas, cheias de detalhes e, se possível, com várias janelas, visto que elas permitem criar efeitos mais interessantes. Sendo assim, quanto mais complexa for sua superfície, maiores serão as possibilidades que você terá para criar experiências incríveis.

Quanto à cor, escolha locais brancos ou que sejam mais próximos disso. Caso os tons sejam mais escuros, é possível que algumas distorções sejam criadas. É importante se lembrar disso em seu planejamento, uma vez que as cores da instituição podem ter alguma variação. Para evitar alguns desses problemas, tente cobrir, pintar ou adesivar a superfície para que fique branca.

Tenha cuidado com o espaço entre o projetor e a superfície

Um ponto importante para o sucesso dessa tecnologia é contar com espaço suficiente entre o projetor e a superfície escolhida. Além disso, não deve existir nada na frente para que sombras e pontos sejam evitados. Ainda que o local possa ser lindo e cheio de elementos, árvores e fios, por exemplo, podem atrapalhar a qualidade do espetáculo programado.

Se você tiver algum problema, não hesite em chamar um especialista! Ele possui informações e técnicas para resolver os problemas de maneira criativa, seja colocando o projetor em cima de andaimes, em prédios vizinhos, seja recebendo energia de outros locais. Vale destacar que qualquer solução depende, essencialmente, de viabilidade técnica.

Contrate uma equipe multidisciplinar

Outra dica importante para você ter sucesso com video mapping é criar uma equipe com profissionais qualificados em diversas áreas. Além de pessoas qualificadas para operar os equipamentos, você deve contar com artistas digitais, especialistas em vídeo, desenhistas de CAD e até profissionais de marketing.

Aqui, quanto mais experiência profissional você tiver na equipe, maiores serão as possibilidades de abrilhantar ainda mais seu evento com a apresentação, garantindo que ela fique sempre na mente dos participantes.

Como diversas etapas devem ser seguidas para que sua projeção mapeada aconteça da forma que você desejou, é fundamental se planejar, a fim de realizar o que deseja da melhor maneira possível. Por isso, é importante entrar em contato com uma empresa especializada o quanto antes.

Então, o que você está esperando? Entre em contato agora mesmo com a Movi e veja como podemos ajudá-lo a fazer do seu evento um sucesso.


5 Motivos para você se apaixonar por projeção mapeada

Entenda por que a projeção mapeada é uma das melhores soluções midiáticas atualmente.

Nós somos apaixonados por qualquer tipo de projeção: mapeada, holográfica, interativa, analógica... Queremos compartilhar com vocês essa paixão e explicar os principais motivos para você querer saber tudo sobre essa técnica maravilhosa. Partiu?

Ao final desse artigo esperamos que você perceba a gama de potencialidades da projeção mapeada.

Read more