Em um mercado cada vez mais concorrido, utilizar a comunicação visual para consolidar uma marca é essencial. No entanto, é preciso que todos os elementos — cores, projeções, materiais gráficos etc. — estejam em harmonia com a proposta da empresa.

Os eventos são lugares propícios para explorar o poder da comunicação imagética. Além de reforçar determinada marca, os elementos visuais têm o poder de interferir na sensação das pessoas presentes no local, atrair participantes, entre outros benefícios.

Quer saber mais detalhes sobre o assunto? Continue a leitura e descubra a importância de planejar bem a comunicação visual do seu evento.

A comunicação visual pode fortalecer uma marca

Não é segredo para ninguém que boa uma identidade visual é capaz de fortalecer a marca de uma empresa. No mundo dos eventos não é diferente.

Nesse sentido, a comunicação visual tem o poder de tornar uma marca conhecida pelo público. Por exemplo, basta imaginar um evento promovido pelo Itaú ou Coca Cola. Mesmo que no local não tenha o nome das duas empresas, é fácil identificá-las por meio das cores, do design e do layout dos elementos imagéticos, não é mesmo?

Para alcançar esse objetivo, contudo, é preciso criar uma comunicação visual que realmente transmita a personalidade da marca de forma criativa e de fácil assimilação. Além disso, é necessário que os logotipos, as cores e os materiais gráficos reflitam os valores daquele evento.

Uma marca que preze pela jovialidade, criatividade e interatividade, por exemplo, pode recorrer a recursos como a projeção mapeada — imagens projetadas em superfícies tridimensionais por meio de softwares específicos. Além de reforçar o valor da empresa que promove a festa, esse tipo de recurso tende a causar impacto no público.

A credibilidade do evento também é afetada pelo visual

Uma comunicação visual bem-feita também é responsável por transmitir profissionalismo, confiança e credibilidade ao público do evento. Afinal, quem nunca pegou o folder de uma festa e desistiu de comparecer por ele não ser atrativo?

Pois é, a ausência de uma identidade visual sólida e cativante pode afetar negativamente uma instituição ao transmitir uma imagem de amadorismo e despreparo. O problema é que a marca do evento (e não só a solenidade em si) também pode sair prejudicada.

Afinal, é comum que essa desconfiança — gerada por uma má comunicação — também traga dúvidas quanto à qualidade e confiabilidade de um produto ou serviço oferecido.

Por isso, para promover um evento bem-sucedido, o primeiro passo é pensar na comunicação visual — não deixe para planejar isso por último! Já se você é produtor de eventos, é provável que encontre uma certa resistência por parte dos contratantes. Afinal, não é todo mundo que entende a importância dos elementos visuais.

Cabe a você, portanto, explicar como uma boa comunicação pode afetar positivamente uma marca, gerando mais resultados não só para o evento, mas para a instituição.

E aí, conseguiu entender a importância da comunicação visual? Curta a nossa página no Facebook e fique por dentro de novidades que vão tornar os seus eventos um sucesso.