No contexto do Marketing 3.0, os consumidores já não podem mais ser tratados com passividade, pois eles desejam se encantar com as empresas e fazer parte das suas ações. Dessa forma, a interatividade para eventos ganha cada vez mais relevância por ser uma estratégia capaz de proporcionar tudo isso.

A organização de eventos pelas empresas pode ser voltada para seus colaboradores ou  para potenciais clientes. Em ambos os casos, você pode utilizar a interatividade para aumentar o engajamento e garantir a captação e fidelização de clientes.

Se você quer saber as vantagens dessa estratégia e exemplos de como aplicá-la, continue a leitura!

Quais são as vantagens da interatividade para eventos?

A interatividade para eventos é, antes de mais nada, uma estratégia de marketing. Seu efeito imediato é o engajamento do público, pois ela exige que as pessoas estejam em contato direto com a campanha para que ela aconteça plenamente.

Com isso, aumenta-se a visibilidade da marca, pois os produtos se tornam muito mais atraentes aos olhos do público. Pense, por exemplo, no cenário de uma feira empresarial: enquanto muitas marcas vão investir em vitrines comuns, oferecer uma experiência interativa será um diferencial para o seu negócio.

Isso vai aumentar a sua autoridade, afinal, apenas empresas que conhecem muito bem o seu ramo conseguem fazer a divulgação de seus produtos ou serviços de forma criativa.

Como fazer eventos interativos?

A palavra-chave para criar um evento usando os princípios da interatividade é criatividade. Sem ela, os produtores não conseguem criar soluções inovadoras para encantar o público. Sabendo disso, deixe a imaginação rolar durante as reuniões de planejamento para aumentar as chances de aparecer aquela ideia incrível!

Além da criatividade, é necessário conhecer seu público-alvo para falar a linguagem dele e estimular o engajamento. Afinal, toda a estratégia deve ser pensada levando em consideração a participação ativa de seus consumidores.

Outro ponto que deve ser levantado é a viabilidade da estratégia. Você deve pensar se é possível tirar esse projeto do papel. Sendo assim, questione-se: temos a tecnologia necessária? Podemos pagar por esse projeto?

Para entender como a interatividade para eventos pode funcionar na prática, veja a seguir algumas ideias:

Jogos interativos

Os jogos são uma estratégia muito antiga de estimular a participação das pessoas. Por isso, estão gradativamente mais presentes em eventos empresariais, principalmente para a divulgação de novos produtos. Você pode apostar em jogos de tabuleiro, adaptação de jogos famosos, como Xadrez ou Damas, entre outras opções.

Como estamos cada vez mais imersos em um mundo digital, uma alternativa é pensar em estratégias que envolvem realidade virtual e aumentada, que são tecnologias muito recentes e envolventes e, por isso, estimulam a curiosidade e o interesse do público.

A Coca-Cola, por exemplo, realizou uma campanha de natal em 2018 na qual criou uma experiência de realidade aumentada a partir das embalagens da bebida. Já a Vivo lançou o pacote Vivo Fibra a partir de uma campanha de realidade virtual que previa a participação do público para criar uma pintura.

Quizzes

O quiz é um jogo no modelo de perguntas e respostas que você pode usar para envolver o público com a história da marca ou um tema específico.

Para fazê-lo, você vai precisar de aparatos tecnológicos, como tablets ou totens digitais. Também é possível investir no desenvolvimento de um aplicativo específico para isso, o que aumenta a proximidade com seus consumidores.

É válido ressaltar que não basta oferecer o quiz, é necessário incentivar a participação. Para isso, você pode oferecer brindes para quem tiver os melhores resultados ou até mesmo divulgar um ranking dos vencedores.

Projeção mapeada

Baseada no uso criativo do audiovisual, a projeção mapeada se adapta ao formato dos espaços para projetar vídeos. Sua vantagem é poder ser aplicada sobre qualquer material, desde paredes até objetos plásticos.

Além de servir como plataforma de exibição de imagens, a projeção mapeada também pode ser interativa. Esse modelo é muito utilizado em exposições de tecnologia, como no FILE Festival, que traz inovações aplicadas à arte, mas também pode ser aplicada na divulgação de uma empresa, convidando os participantes do evento a fazerem parte do vídeo exibido.

Performances aéreas

Para eventos com pouco espaço disponível, uma maneira de envolver o público é investir em atividades de performances aéreas, com artistas ou animadores e tecidos acrobáticos, por exemplo. Assim, enquanto acontecem as exibições no alto, os participantes podem usar todo o espaço sem afetar as atrações.

Investir nisso torna o seu evento mais interativo e pode enriquecer a experiência do público, pois os artistas aéreos adicionam um elemento emocional, já que vê-los no alto faz com que os participantes se sintam parte do ato em si.

Criação de memórias

O tempo todo falamos sobre a importância de criar experiências inovadoras para o seu público durante o evento. Com a criação de memórias, você investe também no pós-evento, já que ela prevê que as pessoas levarão brindes consigo.

Sendo assim, crie brindes interessantes. Vá além das canetas e bloquinhos de papel e pense em soluções criativas. O importante é focar em objetos que serão realmente utilizados e que sejam um diferencial.

Máquina de vendas integrada às redes sociais

Todos já vimos aquelas máquinas em que depositamos cédulas e moedas e recebemos o produto escolhido em troca. Em seu evento, você pode oferecer uma versão tecnológica que, em vez de dinheiro, utiliza posts ou curtidas em redes sociais para entregar um brinde às pessoas.

Dessa forma, você estimula o engajamento e promove a divulgação de seus produtos ou serviços com muita eficiência, já que cada participante os compartilhará com todos os seus contatos nas redes sociais.

Como você pode ver, existem diversas formas de aplicar a interatividade em seus eventos para torná-los mais atraentes e aumentar o envolvimento de seu público-alvo com a marca. Por isso, é fundamental estar sempre atento às novidades para não ficar atrás da concorrência.

Agora que você já sabe por que e como aplicar a interatividade para eventos, que tal aprender um pouco mais sobre produção audiovisual? Confira agora mesmo nosso post!