Organizar um evento ao ar livre nem sempre é tarefa fácil. Afinal, é preciso ter disciplina, criatividade e contar com todos os itens tecnológicos necessários. Ainda assim, não há motivos para desespero: quando bem organizado, esse tipo de evento costuma ser bem marcante para o público.

E, por falar em tecnologia, um bom organizador de eventos está sempre atento às inovações do mercado nesse quesito. Um bom exemplo é a projeção mapeada, que já vem sendo bem difundida nos últimos tempos.

Trata-se de uma técnica que permite projetar imagens em uma plataforma tridimensional, previamente mapeada por softwares específicos. O equipamento emite uma espécie de feixe de luz, que é direcionado ao local exato onde o vídeo será exibido, criando a sensação de que há uma moldura.

Mas esse é apenas um exemplo de tecnologia que pode ser aplicado. Então, se você deseja ser bem-sucedido na organização de um evento ao ar livre, continue lendo este post e acompanhe as nossas dicas!

Verifique equipamentos de luz e som

Como dissemos, seja optando pela projeção mapeada ou por outra tecnologia, é sempre importante checar os seus equipamentos.

Lembre-se de que, dependendo do horário do evento, pode haver muita claridade natural. Aliás, a projeção mapeada só é uma boa ideia em ambientes que não contam com muita luz. Caso contrário, os resultados podem não sair como o esperado.

Além disso, tenha em mente que a propagação do som em um ambiente externo é diferente do que ocorre em locais fechados. E tudo isso deve ser levado em conta na hora de escolher os equipamentos.

Determine uma boa equipe de segurança

Lidar com o público é mesmo uma “caixinha de surpresas”. Por isso, independentemente do tipo de evento, é fundamental zelar pela segurança de todos os participantes.

Pode ser que haja áreas de perigo, por exemplo, o que requer a presença de seguranças para avisar sobre os riscos desses locais. Também, nunca se sabe quando uma discussão mais acalorada pode acontecer.

Seja como for, contar com uma equipe bem preparada para atender a esse tipo de ocorrência é fundamental.

Pense e repense o cardápio

O cardápio de um evento deve ser condizente com o horário e ambiente no qual ele é realizado. Eventos ao ar livre, por exemplo, pressupõem um clima mais “leve” e informal. Logo, assim também deve ser a comida que o acompanha.

Alimentos frescos e naturais, como saladas e frutas, caem muito bem nesses casos. Como bebida, ofereça sucos, refrigerantes e drinks mais leves — além de deixar sempre muita água à disposição dos convidados, é claro.

Faça a correta delimitação de espaços

Todo o evento vai se passar em um único ambiente ou haverá um local para cerimônia e outro para a recepção? Se for o caso, é preciso delimitar o espaço onde cada parte ocorrerá, além de reservar a área onde serão acomodados os participantes.

Caso haja partes cujo acesso é restrito, estas devem ser devidamente sinalizadas e observadas. Dessa forma, você evita uma série de transtornos no que diz respeito à organização do espaço.

Enfim, podemos ver como o sucesso de um evento ao ar livre depende, em grande parte, de boas escolhas na hora da organização, certo? Então, siga as nossas dicas e garanta a melhor experiência a todos!

E agora, se você gostou do post, aproveite para entrar em contato conosco e conheça nossos serviços de projeção mapeada!