A ideia começa como um ponto

A ideia ganha consciência

Esse referencial é você! A partir do momento em que a ideia é percebida, você compartilha sua consciência e permite que ela se movimente.

A ideia se movimenta

Quando o movimento acontece, a ideia deixa de ser um ponto abstrato para se transformar em uma linha de pensamento criativo, com início, meio e fim.

A ideia começa a se expandir

Esse movimento expande os limites da consciência e, do outro lado do pensamento criativo, surge o pensamento crítico

A ideia é iluminada

A união do pensamento crítico com o criativo traz luz para a consciência, revelando maneiras concretas de validar a ideia.

A ideia se manifesta

Depois de ser testada, a ideia é aperfeiçoada e colocada em prática. Agora ela é percebida.